Integrantes da Rede IEB




Amanda André de Mendonça

Rio de Janeiro - RJ
Mestrado Doutorado

Tratar hoje do direito à uma educação pública de qualidade implica necessariamente em promover uma educação aberta, ou seja, uma educação que busca alternativas sustentáveis para algumas das barreiras que se apresentam na construção dessa educação. Nesse sentido, o acesso ao conhecimento, inovação das práticas pedagógicas e também, o uso de recursos e serviços que estreitam essa troca e a construção colaborativa do saber são fundamentais. Para isso inovação e tecnologia são fundamentais, pois contribuem diretamente com esta construção, com a melhora do processo de ensino e aprendizagem, aproximando o conhecimento aprendido na escola com a realidade atual em que a sociedade vive. É preciso galgar uma nova cultura onde se entende a escola de hoje além de um espaço com cujo objetivo principal é transmitir conhecimentos e adquirir competências valorizadas no mercado. A escola deve envolver a preparação para a vida em sociedade. Uma sociedade cada vez mais tecnológica. Acredito que para essa construção, de uma educação aberta, é preciso o engajamento e o diálogo entre Estado e diversos setores da sociedade civil, bem como uma mudança cultural na formação de professores.

Amaury Nogueira Neto

Recife - PE
Mestrado Doutorado

Através da automação de ideias inovadoras por meio do uso de tecnologia da informação, do aprendizado baseado em problemas e da gamificação.

Ayla Débora Dantas de Souza Rebouças

João Pessoa - PB
Mestrado Doutorado

Creio que podemos discutir em grupo estratégias para desenvolver em nossos estudantes as competências previstas na BNCC de forma interdisciplinar com o ensino de computação na educação básica, formando professores e incentivando mais e mais os cursos de licenciatura em computação, que formam os profissionais que poderiam dar o devido suporte a este processo. Posso também apoiar nas estratégias para a avaliação e utilização de objetos de aprendizagem para apoiar o ensino.

Camila Pereira

São Paulo - SP
Mestrado

Eu gostaria de ajudar a implementar metodologias ativas, que incluem o uso de tecnologia, e de ajudar a incluir a tecnologia de forma significativa na sala de aula. Enxergo na tecnologia o potencial para construir uma educação que leva em consideração o desenvolvimento cognitivo, social e emocional dos estudantes, além de promover a participação cidadã em um mundo cada vez mais conectado. Neste momento, o que mais procuro são formas de levar os resultados de pesquisas e o desenvolvimento tecnológico para as práticas de sala de aula.

Darlinton Carvalho

São João Del Rei - MG
Mestrado Doutorado

Pesquisando e desenvolvendo novas tecnologias e ações para promoção de alfabetização computacional e desenvolvimento do pensamento computacional.

Débora Cristina Massetto

Maceió - AL
Mestrado Doutorado

Dentro do universo de possibilidades e novidades digitais, é preciso pensar sobre a aplicação das tecnologias digitais na área educacional, além de seu oferecimento, apoios e como está – e se está - ocorrendo a aprendizagem dos sujeitos envolvidos nas relações estabelecidas com os instrumentos tecnológicos.

Douglas Veras e Silva

Recife - PE
Mestrado Doutorado

Através do uso de metodologias científicas e tecnologias da informação para o levantamento e produção de evidências científicas que contribuam para a tomada de decisão dos gestores das redes de ensino.

ERICA DE CÁSSIA MODESTO COUTRIM

Salvador - BA
Mestrado Doutorado

Minha contribuição visa a possibilitar a introdução de trabalho com competências socioemocionais em ambiente virtual, ou seja, foco meus estudos e esforços no desenvolvimento de um aplicativo com curso e atividades de competências socioemocionais, de forma a preparar e avaliar estudantes e professores, partindo de uma perspectiva qualitativa-quantitativa-qualitativa.

Estela Aparecida Oliveira Vieira

Lavras - MG
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Enquanto Docente de futuros pedagogo(a)s busco trabalhar com meus discentes e orientando(a)s o uso das tecnologias em projetos interdisciplinares e lúdicos, com foco na inclusão social, com o olhar ético e em construções compartilhadas.

Flavio Yamamoto

São Paulo - SP
Mestrado

Possuo mais de quinze anos de experiência em Ensino Superior em Cursos de Ciência da Computação (em instiotuições Privadas e Públicas) e em Pesquisa e Desenvolvimento de Ambiente Virtuais de Jogos (Aplicações de Técnicas de Inteligência Artificial em Personagens Sintéticos para formação de equipes com Jogadores Humanos em Jogos de Estratégia). Atualmente, sou responsável por projetos de PD&I na NTU, projetos PIPE-FAPESP para desenvolvimento de Plataforma de Robótica em Nuvem como Solução para Distribuição em Escala de Aplicações Robóticas - Aplicações em Educação, Saúde e Hospitalidade. Acredito que posso contribuir com a equipe do CiEB com a minha experiência (empresarial) em PD&I de Tecnologias Educacionais e atuação em educação (executando uma gama variada de Programas Pilotos: Colégio Visconde de Porto Seguro, Colégio Marista Arquidiocesano, ETECs e FATECs) avaliando as Tecnologias Educacionais e Metodologias envolvendo Práticas Transversais de Aprendizagem por Competências e Habilidades.

Gabriela Capila

São Paulo - SP
Mestrado

Apoiando educadores e gestores na organização e planejamento de aulas mediadas pela tecnologia que com alta relevância de conteúdos e ferramentas que apoiem metodologias diversificadas e proporcionem uma experiência incrível de aprendizagem aos estudantes.

Iza Reis Gomes Ortiz

Porto Velho - RO
Mestrado Doutorado

Acredito muito nos espaços de aprendizagem online. Não adianta apresentar a tecnologia aos alunos se não ensinarem o uso e o porquê daquele aprendizado. Os espaços de aprendizagem online podem oferecer motivações simples para que o aprendizado seja realmente efetivado e esteja aberto a outras realidades que estão em todos os lugares hoje. O redesenho das salas de aulas e o acesso a espaços de aprendizagem online podem promover um acesso mais independente aos conteúdos de qualidade, rompendo com as barreiras sociais e econômicas, possibilitando a promoção da equidade. A qualidade poderá estar ligada à formação dos professores, pois estes são essenciais nesta rede de inovação, sem formação não há como promover uma continuidade no desenvolvimento profissional. E a contemporaneidade está em todos os lugares e ações. Saliento que a participação, o protagonismo do estudante é a concretização desta inovação tecnológica, possibilitando reais condições de acesso à cultura, ao ensino, à leitura e à compreensão desta. Compreender a leitura em seus vários suportes é um grande desafio aos alunos da Educação Básica. E esse poderá ser um início de uma grande ação contributiva para que todos possam ter acesso a informações e transformá-las em conhecimento. formação de professores e compreensão de leitura

Juliana de Albuquerque Gonçalves Saraiva

João Pessoa - PB
Mestrado Doutorado

Dar suporte à melhoria do processo ensino-aprendizagem com desenvolvimento de softwares educativos para auxiliar a educação inclusiva de alunos com deficiência.

luci ferraz de mello

São Paulo - SP
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Auxiliar no processo de compreensão e apropriação das TDIC pelos professores e estudantes das Redes Públicas de Ensino do Brasil

Luciana e Sá Alves

Rio de Janeiro - RJ
Mestrado Doutorado

Contribuição prática - como usar, o que usar, como medir o impacto.

Marcia Martins de Oliveira

Rio de Janeiro - RJ
Mestrado Doutorado

Por meio da formação continuada de professores da Educação Básica, implementada no Programa de Residência Docente do Colégio Pedro II.

Mariana Peramezza Del Fiol

São Paulo - SP
Mestrado

Hoje atuamos muito com a tencologia, mas muito mais como consumidores dela. O desafio é desenvolver a competência do Letramento tecnológico para resolução criativa de problemas (outra competência). Não adianta ter só o conhecimento, mas sim como aplicar esse conhecimento para as questões do nosso dia a dia, ou questões complexas. A tecnologia como meio para encontrar as soluções que o mundo está requerendo. Na escola uma das formas é trabalhar por meio de projetos. Projetos não só desenvolvidos pelos alunos, mas pelos gestores, professores. É a aprendizagem em serviço.

NEILA BATISTA XAVIER

Manaus - AM
Mestrado

Por meio do compartilhamento de conhecimento e conteudo de qualidade, acesso as tecnologias existentes e as novas, e publicacao das praticas em sala de aula, por meio de artigos cientificos.

Peter Parker

Vinhedo - SP
Mestrado

Criar e alimentar um podcast, com diálogos que contemplem a formação continuada dos profissionais da educação da Rede Municipal de Educação de Vinhedo, com a participação de alunos, professores, pais e convidados, obrigatoriamente com temas educacionais.

PRISCILA DA SILVA NEVES LIMA

Terezópolis de Goiás - GO
Mestrado

Meu objetivo é contribuir para melhorar a qualidade da educação do meu país através da informática. O objetivo é estudar, pesquisar e desenvolver modelos tecnológicos que ajudem a elevar os resultados da educação brasileira em rankings mundiais. Para isso, precisamos ter uma compreensão clara do problema, para que as soluções possam ser definidas com base em evidências concretas. É por isso que escolhi estudar mineração de dados educacionais e análise de aprendizado. Com base nesse conhecimento, meu principal objetivo de carreira é me tornar um especialista em dados educacionais e em sua análise, e um dia ser capaz de influenciar e ajudar a definir as políticas educacionais brasileiras.

Carregando...