Integrantes da Rede IEB




Adriana Aparecida de Lima Terçariol

São Paulo - SP
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Espero colaborar com a Educação Pública com o compartilhamento e construção de subsídios teóricos e metodológicos, visando à viabilização de novas ações diferenciadas na escola articuladas às Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC). Ações essas que venham potencializar ambientes de aprendizagem mais ativos e criativos, favoráveis ao desenvolvimento de competências diversas, conforme nos propõe as diretrizes curriculares nacionais para a educação básica, dentre elas, a atual BNCC que destaca a necessidade de inserção da escola e seus atores na Cultura Digital, contribuindo assim para a ressignificação do processo de ensino e de aprendizagem nas diferentes áreas do conhecimento. Almejo ainda contribuir para a promoção de situações educativas no contexto escolar que possam estimular o aluno a assumir o seu papel enquanto protagonista na construção de seu conhecimento, bem como no aprimoramento de seus saberes. Nessa perspectiva pretendo instigar estudos junto ao meu grupo de pesquisa, considerando a necessidade do desenvolvimento de soluções para problemas cotidianos da escola, usando diferentes ferramentas, inclusive digitais. Esses estudos adotarão como premissa, como citado no artigo 22 da Lei 9394 de 20 de dezembro de 1996 que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN), a “educação básica tem por finalidades desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores” (BRASIL, 1996). Entendo que a base para o desenvolvimento científico se pauta, fundamentalmente, nos saberes apreendidos durante a educação básica. No entanto, para que isso de fato aconteça são necessários educadores comprometidos com a educação, com o processo educacional, e que busquem aprimorar sua formação com novos saberes, para mediar com segurança os saberes envolvidos nas práticas educativas, e despertar o interesse dos alunos pelas ciências, enriquecendo o processo de ensino e de aprendizagem. Por essa razão, minhas contribuições irão também no sentido de compreender e buscar soluções para a formação inicial e continuada de professores, de modo que o corpo docente possa compreender as emergências de uma Educação Digital. Nesse cenário, tem-se a tecnologia, com suas crescentes aplicações na sociedade contemporânea, mas que precisa de compreensão para ser articulada com o desenvolvimento do conhecimento científico e as inovações, em prol do benefício da humanidade, das suas necessidades de saúde, meio ambiente e sobrevivência. O desenvolvimento tecnológico precisa ser compreendido como conhecimento que deve ser construído para atender as necessidades da sociedade. Deve fazer com que o aluno seja capaz de utilizar-se das diferentes ferramentas, inclusive digitais, para desenvolver soluções e ações para melhorar a qualidade de vida da sociedade. Para inovar é preciso conhecer. O conhecimento científico articulado às tecnologias impulsiona à inovação e é essencial para alcançar os contextos propostos pelas Nações Unidas, de acordo com o documento “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – Agenda 2030” . Considerando o exposto acima, compreendo que é fundamental, tanto para as escolas públicas, como para a universidade, a busca de parceria a ser estabelecida, por meio do desenvolvimento de projetos de pesquisas. Entendo que, os saberes científicos produzidos em conjunto contribuem para a formação continuada e em serviço dos professores, assim como dos pesquisadores atuantes nas escolas. Com esses encaminhamentos, acredito que enquanto pesquisadora possa colaborar com a configuração de novas diretrizes, políticas públicas e processo formativos de educadores na perspectiva aqui abordada. Desse modo, essas descobertas investigativas poderão gerar resultados significativos e inovadores a serem apropriados por toda a sociedade brasileira.

Adriana Cavalcanti dos Santos

Maceió - AL
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Mediante minha formação e experiência profissional nos campos da pesquisa, ensino e formação de professores alfabetizadores na área de linguagem almejo contribuir nos processos de formação continuada de professores, produção e avaliação de recursos didáticos de inovação tecnológica de modo a contribuir com a promoção de um sistema educativa alinhado à garantia da justiça social e curricular para uma escola promotora da equidade social.

Amanda André de Mendonça

Rio de Janeiro - RJ
Mestrado Doutorado

Tratar hoje do direito à uma educação pública de qualidade implica necessariamente em promover uma educação aberta, ou seja, uma educação que busca alternativas sustentáveis para algumas das barreiras que se apresentam na construção dessa educação. Nesse sentido, o acesso ao conhecimento, inovação das práticas pedagógicas e também, o uso de recursos e serviços que estreitam essa troca e a construção colaborativa do saber são fundamentais. Para isso inovação e tecnologia são fundamentais, pois contribuem diretamente com esta construção, com a melhora do processo de ensino e aprendizagem, aproximando o conhecimento aprendido na escola com a realidade atual em que a sociedade vive. É preciso galgar uma nova cultura onde se entende a escola de hoje além de um espaço com cujo objetivo principal é transmitir conhecimentos e adquirir competências valorizadas no mercado. A escola deve envolver a preparação para a vida em sociedade. Uma sociedade cada vez mais tecnológica. Acredito que para essa construção, de uma educação aberta, é preciso o engajamento e o diálogo entre Estado e diversos setores da sociedade civil, bem como uma mudança cultural na formação de professores.

Amaury Nogueira Neto

Recife - PE
Mestrado Doutorado

Através da automação de ideias inovadoras por meio do uso de tecnologia da informação, do aprendizado baseado em problemas e da gamificação.

CARLONEY ALVES DE OLIVEIRA

Maceió - AL
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Produtivo, Atuante e Colaborativo.

Daiani Damm Tonetto Riedner

Campo Grande - MS
Mestrado Doutorado

através do desenvolvimento de pesquisas e oferta de formação continuada para professores e gestores integrarem o uso de tecnologias em contextos de aprendizagem ativa.

DANIELLE PAES-BRANCO

Rio de Janeiro - RJ
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Torna-se obrigatório promover a reestruturação pedagógica nos ambientes educativos, pois o estímulo do potencial dos estudantes oportunizará melhor desempenho individual, diminuindo a exclusão social. Dessa forma, o educador precisa atuar de maneira eficaz, com didáticas inovadoras e necessita possuir competência que vai além do domínio dos conteúdos da disciplina, passando pelo conhecimento de propostas alternativas. Algumas alternativas vêm apresentando resultados e têm se mostrado eficazes no que diz respeito ao maior envolvimento dos alunos durante a disciplina e que resultam em maior aprendizado. Minha principal contribuição seria pensar nessas alternativas, levando em consideração meios de inovação e tecnologia.

Débora Cristina Massetto

Maceió - AL
Mestrado Doutorado

Dentro do universo de possibilidades e novidades digitais, é preciso pensar sobre a aplicação das tecnologias digitais na área educacional, além de seu oferecimento, apoios e como está – e se está - ocorrendo a aprendizagem dos sujeitos envolvidos nas relações estabelecidas com os instrumentos tecnológicos.

Denise Goya

Santo André - SP
Mestrado Doutorado

Atuo em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias educacionais, buscando ensino de qualidade e inclusão (acessíveis a pessoas com deficiência, equidade de gênero e diversidade) com conteúdos para Ensino Superior. Gostaria de ampliar para o Ensino Básico, principalmente em temáticas relacionadas a STEM e pensamento computacional.

DIOGO ALVES DE FARIA REIS

Belo Horizonte - MG
Mestrado Doutorado

Acredito que minha contribuição seja na integração entre o professor, a(s) ferramenta(s), o(s) conteúdo(s) e os estudantes. Fazer com que as ferramentas, de fato, contribuam para a melhoria da qualidade da educação e a ampliação do conhecimento pelos estudantes.

ERICA DE CÁSSIA MODESTO COUTRIM

Salvador - BA
Mestrado Doutorado

Minha contribuição visa a possibilitar a introdução de trabalho com competências socioemocionais em ambiente virtual, ou seja, foco meus estudos e esforços no desenvolvimento de um aplicativo com curso e atividades de competências socioemocionais, de forma a preparar e avaliar estudantes e professores, partindo de uma perspectiva qualitativa-quantitativa-qualitativa.

Estela Aparecida Oliveira Vieira

Lavras - MG
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Enquanto Docente de futuros pedagogo(a)s busco trabalhar com meus discentes e orientando(a)s o uso das tecnologias em projetos interdisciplinares e lúdicos, com foco na inclusão social, com o olhar ético e em construções compartilhadas.

Fabio Corrêa

Resende Costa - MG
Mestrado Doutorado

Por contribuição à educação pública almejo sinalizar as tecnologias passíveis de uso na prática do ensino presencial e mensurar a percepção de docentes e discentes acerca dessas, de modo a prover uma perspectiva que sinalize as tecnologias mais aplicáveis mediante a ótica de professores e alunos para que possam ser adotadas de modo efetivo. Ademais, também é um intento verificar o nível de conhecimento de discentes acerca de tecnologias empresariais básicas, como PowerPoint, Excel e Word, de modo a influenciar sua adoção em projetos pedagógicos curriculares, visando um melhor posicionamento desses futuros - ou atuais - profissionais no mercado de trabalho.

FLÁVIA ROLDAN VIANA

Natal - RN
Mestrado Doutorado

As tecnologias educativas auxiliam na promoção da inclusão, propiciando facilidades que tornam a aprendizagem mais dinâmica e interessante. Assim, as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), pelas inesgotáveis possibilidades de construção de recursos que contribuem para uma aprendizagem inclusiva, possuem diversificadas aplicabilidades no âmbito educacional, além de sensibilizar os profissionais que atuam nessa área para que suas ações didático-pedagógicas sejam orientadas pelas potencialidades de seus estudantes e não pelas suas limitações. Dessa forma, procuro desenvolver ações, entre outras, para a promoção de práticas inclusivas digitais, pela possibilidade de trazer reflexões de como usar os recursos tecnológicos para melhorar o processo educacional e a aprendizagem, no intuito de auxiliar o processo de ensino e aprendizagem de estudantes com deficiência, pois as TIC podem vir a contribuir para a expansão do acesso à informação, à comunicação e do estabelecimento de novas relações com o saber, que ultrapassam os limites da escola, alcançando outros espaços produtores de conhecimento.

Gabriele Greggersen

Niterói - RJ
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Através, principalmente de cursos de capacitação e assessoria.

Giovani mendonca lunardi

Araranguá - SC
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Minha principal motivação de pesquisa é que a inovação educacional possa contribuir para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem e da inclusão para redução para da desigualdade social.

Heitor Augustus Xavier Costa

Lavras - MG
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Divulgação e treinamento de professores dos Ensinos Fundamental e Médio para a utilização de TIC em suas aulas, bem como promoção desses professores em sua carreira.

Iracema Campos Cusati

Belo Horizonte - MG
Mestrado Doutorado

Tendo foco nos recursos didáticos que utilizam tecnologia para contribuir de forma efetiva na formação dos alunos pensando numa educação de qualidade que engloba o protagonismo dos alunos e a mediação do professor utilizando smartphones, aplicativos, redes sociais e promovendo a criação de jogos, blogs, vídeos etc.

Iza Reis Gomes Ortiz

Porto Velho - RO
Mestrado Doutorado

Acredito muito nos espaços de aprendizagem online. Não adianta apresentar a tecnologia aos alunos se não ensinarem o uso e o porquê daquele aprendizado. Os espaços de aprendizagem online podem oferecer motivações simples para que o aprendizado seja realmente efetivado e esteja aberto a outras realidades que estão em todos os lugares hoje. O redesenho das salas de aulas e o acesso a espaços de aprendizagem online podem promover um acesso mais independente aos conteúdos de qualidade, rompendo com as barreiras sociais e econômicas, possibilitando a promoção da equidade. A qualidade poderá estar ligada à formação dos professores, pois estes são essenciais nesta rede de inovação, sem formação não há como promover uma continuidade no desenvolvimento profissional. E a contemporaneidade está em todos os lugares e ações. Saliento que a participação, o protagonismo do estudante é a concretização desta inovação tecnológica, possibilitando reais condições de acesso à cultura, ao ensino, à leitura e à compreensão desta. Compreender a leitura em seus vários suportes é um grande desafio aos alunos da Educação Básica. E esse poderá ser um início de uma grande ação contributiva para que todos possam ter acesso a informações e transformá-las em conhecimento. formação de professores e compreensão de leitura

João Batista Carvalho Nunes

Fortaleza - CE
Mestrado Doutorado

Atualmente desenvolvendo pesquisas voltadas a "learning analytics", espero que esses estudos permitam oferecer soluções baseadas em tecnologia que favoreçam a aprendizagem e o sucesso acadêmico dos estudantes da educação pública, inclusive licenciandos de universidades públicas.

Carregando...