Integrantes da Rede IEB




Pesquisadores - 211 resultados:

Marcia Martins de Oliveira

Rio de Janeiro - RJ
Mestrado Doutorado

Por meio da formação continuada de professores da Educação Básica, implementada no Programa de Residência Docente do Colégio Pedro II.

Marcio Antonio da Silva

Belo Horizonte - MG
Mestrado Doutorado

Debater com os professores da educacao basica, no ensino medio, o uso de tecnologia como ferramenta que contribua para o aumento da qualidade do processo de ensino e aprendizagem. Estimular a criacao de tecnologia, entre professores ou entre professores e alunos, para as dinamicas em sala de aula e tambem fora dela.

Marcio Fabiano da Silva

Santo André - SP
Mestrado Doutorado

FAZENDO UM USO ADEQUADO DOS RECURSOS TECNOLoGICOS DISPONiVEIS, GERANDO CONHECIMENTO A PARTIR DELES.

Marcus Basso

Porto Alegre - RS
Mestrado Doutorado

Atuando na formacao continuada de professores nos aspectos da apropriacao pessoal e profissional das tecnologias digitais.

Marcus Vinicius Liessem Fontana

Santa Maria - RS
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Acredito que posso colaborar especialmente na formacao continuada de professores da rede publica, no desenvolvimento de projetos de ensino de linguas online e no desenvolvimento de projetos voltados para pessoas com deficiencia visual.

MARIA ANGELICA DO CARMO ZANOTTO

São Carlos - SP
Mestrado Doutorado

Sou servidora ha 10 anos de uma Universidade Publica e atuo numa coordenaria de Inovacoes Pedagogicas e Formativas, na Secretaria Geral de Educacao a Distancia. Acredito que e missao desta universidade contribuir para a promocao da equidade e melhoria da qualidade do ensino, pesquisa e extensao que fazemos. Acredito fortemente que a colaboracao e a formacao de redes e o caminho para acoes efetivas.

Maria Augusta Silveira Netto Nunes

Rio de Janeiro - RJ
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Eu acredito que o uso de políticas públicas que foquem o fator 'desplugado' de certa forma popularizam e geram um equidade na forma de estratégia de ensino disponibilizado aos alunos, não importando a classe social e a receita familiar. Acredito que o uso de gibis (http://almanaquesdacomputacao.com.br/) possam auxiliar no desenvolvimento de vários aspectos no estudantes, tanto socio-emocionais (em desenvolvimento - mindfulness e empatia), como de conhecimentos específicos da grade curricular, tal como interpretação textual(Português) e lógica matemática( segundo estudos desenvolvidos em 2019, disponíveis em http://almanaquesdacomputacao.com.br/gutanunes/publications/S12V2.pdf baseados na dissertação de meu aluno (http://almanaquesdacomputacao.com.br/gutanunes/publications/Cicero.pdf)). O uso de gibis como material desplugado traz equidade, contemporaneidade, por ser disponível por qualquer meio, digital, impresso, ou desenvolvido na forma de teatro ou contos pelos professores em sala de aula, sendo considerado um material de muito baixo custo; isso representa inovação, ensinando as bases do desenvolvimento da tecnologia de informação por meio de gibis (ou seja, desenvolvemos na criança os alicerces para o desenvolvimento do pensamento computacional de forma desplugada com o uso de gibis já imersos no contexto do estudante nas disciplinas curriculares convencionais)

Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida

São Paulo - SP
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Participacao em redes colaborativas de investigacao, formacao e acao junto com educadores e educandos.

Maria Helena Blasbalg

São Paulo - SP
Mestrado Doutorado

O uso consciente das diferentes tecnologias e um tema que vem ganhando bastante importancia na Educacao. Se por um lado a tecnologia pode favorecer a aprendizagem e ampliar as formas de relacao dos estudantes com a construcao do conhecimento, sua ausencia ou insuficiencia pode aumentar ainda mais a desigualdade no acesso aos bens culturais, fundamentais para o desenvolvimento da sociedade. Para tanto, e preciso que os alunos usem as tecnologias de maneira reflexiva e etica, levando-se em consideracao seus diferentes aspectos na resolucao dos problemas presentes na vida humana. Tal fato, depende de professores que, nao so conhecam e dominem tecnologias relevantes para seus alunos, como tambem que sejam capazes de promover discussoes sobre seus impactos para o homem e para a sociedade, por meio de praticas inovadoras, coerentes com as diferentes demandas socioculturais. Nesse contexto, minha experiencia como professora e pesquisadora de ensino de ciencias, com o foco nas relacoes entre Ciencias, Tecnologia e Sociedade (CTS), podera ter valia na formacao de tais professores, de modo a contemplar as necessidades singulares de cada contexto escolar.

Marialina Correa Sobrinho

Santarém - PA
Mestrado

Com a Formacao de professores e gestores para integracao da tecnologia na educacao.

Marilde Santos

São Carlos - SP
Mestrado Doutorado

Marilene Salgueiro

João Pessoa - PB
Mestrado Doutorado

Uso das TICS em processos de Gestão Educacional e ensino

MÁRIO ANDRÉ DE FREITAS FARIAS

Aracaju - SE
Mestrado Doutorado

Contrubuir com investigações e produtos educacionais na área de educação inclusiva para deficientes auditivos e visuais.

Mary Grace Pereira Andrioli

São Roque - SP
Mestrado Doutorado

Minha principal contribuicao e saber atuar de forma colaborativa, ouvindo, identificando desafios e construindo junto.

Mauricio Capobianco Lopes

Blumenau - SC
Mestrado Doutorado

Discutir e pesquisar formas de aplicacao das tecnologias digitais nos espacos publicos de formacao.

NEILA BATISTA XAVIER

Manaus - AM
Mestrado

Por meio do compartilhamento de conhecimento e conteudo de qualidade, acesso as tecnologias existentes e as novas, e publicacao das praticas em sala de aula, por meio de artigos cientificos.

Patricia Augustin Jaques Maillard

São Leopoldo - RS
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Atraves do desenvolvimento de software educacional inteligente que assista tanto alunos no aprendizado de matematica e professores no acompanhamento do progresso dos seus estudantes.

PATRICIA JANTSCH FIUZA

Criciúma - SC
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Atualmente meu foco esta no ensino superior, onde por meio de projetos de extensao e pesquisa e possivel aos poucos ir intervindo na realidade local da educacao. Alguns projetos em parceria com as prefeituras e o Nucleo de Tecnologias Educacionais da regiao alem da orientacao de alunos de graduacao (iniciacao cientifica) e pos-graduacao (especializacao e mestrado).

Paulo Henrique Lopes Aguiar

São Bernardo do Campo - SP
Mestrado Doutorado Pós doutorado

Atraves da continuidade no desenvolvimento de pesquisas na area da educacao a distancia e tecnologias educacionais junto ao grupo de pesquisas Intera (inteligencia Educacional e Recursos Acessiveis) e o Nucleo de Tecnologias Educacionais da UFABC.

Peter Rodrigo Trento

Vinhedo - SP
Mestrado

Criamos um centro de formação e mídias: Art. 1º - Fica Instituída no âmbito do Município de Vinhedo a CEFORMI - Central de Formação e Mídias da Secretaria de Educação de Vinhedo, vinculada à Secretaria de Educação de Vinhedo, organizada nos termos desta Lei. Art. 2º - É missão da CEFORMI - Central de Formação e Mídias da Secretaria de Educação de Vinhedo trabalhar para atender as demandas pedagógicas da Rede Municipal de Ensino trazendo formadores da própria rede e de instituições externas, produzindo formação em diferentes mídias (físicas e virtuais), compartilhando projetos e experiências dos professores e alunos, viabilizando projetos educacionais e auxiliando na formação e registro para a construção do currículo da rede municipal de ensino de Vinhedo. Art. 3º - São metas da CEFORMI - Central de Formação e Mídias da Secretaria de Educação de Vinhedo: Criar novos modelos de divulgação e registro dos trabalhos de nossa rede; Garantir a manutenção e atualização dos instrumentos de produção e divulgação realizadas pela CEFORMI; Oferecer para a comunidade escolar cursos de formação presenciais e EAD; Divulgar pelas mídias experiências educacionais em rede; Trazer inovações metodológicas para práticas educacionais em rede. Art. 4º- São atribuições da CEFORMI - Central de Formação e Mídias da Secretaria de Educação de Vinhedo : Oferecer cursos de formação, em horários diversos, para todos os profissionais que trabalham na Rede Municipal de Educação de Vinhedo, Contemplar a formação continuada com experiências e pesquisas dos profissionais que compõem o quadro de funcionários da Rede Municipal de Vinhedo, Contemplar a formação continuada com parcerias de Faculdades, Universidades e Instituições que possam atender as demandas indicadas para aprimorar o trabalho educativo, visando a qualidade de ensino público municipal, Organizar seminários, fóruns e outros movimentos, objetivando a democratização da formação com temas educacionais, Criar e alimentar um canal de youtube, com tutoriais que auxiliem o profissional no uso das tecnologias, temas pertinentes ao cotidiano educacional da Rede Municipal de Educação de Vinhedo, resgate de memórias da construção da Educação no município de Vinhedo, com participação de alunos, professores, pais e pessoas da comunidade escolar e, que contemplem os projetos desenvolvidos nas escolas públicas municipais. Criar e alimentar um podcast, com diálogos que contemplem a formação continuada dos profissionais da educação da Rede Municipal de Educação de Vinhedo, com a participação de alunos, professores, pais e convidados, obrigatoriamente com temas educacionais. Zelar pela documentação referente a autorização do uso da imagem, som, criações, com cunho exclusivo educacional e utilizado nas mídias da CEFORMI (anexo)

Carregando...